• terça-feira, 9 de novembro de 2010

    Atividades Permanentes das PJs refletem sobre segmentos mais vulneráveis as mazelas*.

    As atividades permanentes das PJs sempre trazem em si reflexões sobre a vida da juventude, seus direitos e também sua luta.
    A Semana da Cidadania que normalmente se realiza de 14 a 21 de abril ano que vem terá o tema: Juventude, terra viva. Vamos refletir a questão da Terra que mata tantos e tantas, mas também a juventude que é essa terra boa de que nasce grandes árvores que dão tantos frutos pra sociedade. O Lema: Da mãe terra, esperança e resistência, nos leva a repensar os modelos de desenvolvimento ao interior, ao campo, às comunidades ribeirinhas que tanto clamam pelos seus direitos e uma vida digna. A Parábola do semeador Mt 13, nos iluminará para vermos as terras em que cai a semente.
    A Semana do Estudante que compreende o dia do estudante 11 de agosto, esse ano de ser de 8 a 14 de Agosto, será iluminada pela Multiplicação dos Pães em Mc 6, 39-44, que iluminará a resistência e a perseverança dos jovens indígenas e negros que tanto sofrem desde a colonização desta Terra. O tema é: Juventude negra e indígena: comunidades de resistência. No Lema: Dos tambores e cirandas, à luta pela vida traremos tantos elementos da cultura destes povos dos quais o Brasil tem uma grande dívida social.
    Encerrando nosso ciclo de atividades em 30 de Outubro de 2011 o Dia Nacional da Juventude traz um tema muito antigo, mas que tem ganhado cada vez mais força nos temos atuais. Vamos Valorizar a Mulher com o Tema: Juventude e protagonismo feminino. Assim, daremos mais visibilidade a tantas jovens que doam suas vidas nos grupos de base, nos movimentos populares e sociais, nas ONGs, nas cordenações das Pastorais e na sociedade Brasileira. Com sua energia, beleza e resistência construirá nosso Lema: Jovens mulheres tecendo relações de vida. Tudo isso iluminado pela Mulher samaritana Jo 4,1-42
    Ano de 2011, ano de muita mística, muita luta, muita resistência em favor desses setores da juventude que são os mais atingindos pelas desisgualdades sociais.

    Reações:

    0 comentários:

    Postar um comentário