• quarta-feira, 22 de setembro de 2010

    Carta da Rede às Pastorais da Juventude

    "há que se cuidar do broto para que a vida nos dê flor e fruto"

    Queridos/as jovens e assessores/as,


    A Rede Brasileira de Centros e Institutos de Juventude esteve reunida entre os dias 12 e 16 de setembro, em seu XII Encontro. Em meio ao frio gaúcho, em São Leopoldo/RS, nos aquecemos com a esperança da vida que brota da ação evangelizadora das Pastorais da Juventude do Brasil.

    A Rede Brasileira nasce de uma experiência de Igreja, comunidade dos seguidores de Jesus que, por dar testemunho d´Ele, se compromete com uma ação pastoral, do cuidado fiel com a vida.

    Essa é também a experiência que marca a existência das Pastorais da Juventude, como ação eclesial da Igreja junto dos/as jovens. A Rede Brasileira acredita na revitalização dessa ação pastoral da Igreja, na necessidade do fortalecimento do cuidado com a vida e a ação das PJs, do re-encantamento com essa experiência que marca a vida da Igreja junto dos/as jovens.

    A existência das Pastorais da Juventude é resultado do esforço da Igreja na organização de sua ação eclesial no meio juvenil. A importância histórica das Pastorais da Juventude na vivência do processo de educação da fé nos milhares de grupos juvenis no Brasil, nas comunidades e meios específicos, aponta para sua relevância no trabalho orgânico à Igreja, protagonizado pelos/as próprios jovens.

    Esse é um serviço da Igreja que precisa de acompanhamento. No seu XII Encontro, a Rede Brasileira reafirma:

    · A importância do acompanhamento específico da Igreja às Pastorais da Juventude, em nível nacional e nos regionais e dioceses;

    · A necessidade de as Pastorais da Juventude priorizarem o fortalecimento dos grupos de jovens e o acompanhamento do processo de educação da fé, em comunhão com a vida da Igreja e no diálogo com outros grupos e movimentos.

    · O fortalecimento da Campanha Contra a Violência e o Extermínio de Jovens como ação em defesa da vida da juventude.



    Reafirmamos também nosso apoio a essa experiência tão fundamental para a vida da juventude e da Igreja. Somos amigos/as, membros da mesma comunidade de seguidores de Jesus, o que fortalece nossa comunhão e solidariedade. Colocamos-nos, no compromisso pastoral, a favor da vida dos/as jovens e da caminhada das Pastorais da Juventude no Brasil.

    Que a fidelidade a Jesus Cristo e ao seu Projeto de Reino seja sempre a inspiração das Pastorais da Juventude e de suas coordenações e de todos os pastores responsáveis por acompanhar essa experiência de Igreja no Brasil.



    Abraço carinhoso e solidário,

    Ass. de Promoção Humana e Cidadania Juvenil - TRILHA CIDADÃ/RS
    Anchietanum - Centro de Juventude/ SP
    CAJU - Casa da Juventude Pe. Burnier/ GO
    CCJ - Centro de Capacitação da Juventude/ SP
    Instituto de Formação Juvenil do Maranhão/ MA
    Instituto de Juventude Contemporânea/ CE
    Instituto de Pastoral de Juventude Leste 2/ MG
    Instituto Pastoral de Juventude/ RS
    Instituto Paulista da Juventude/ SP
    Centro Marista de Juventude de Natal/ RN
    Centro Marista de Colatina/ ES
    Centro Popular Vida e Juventude/ DF

    *Centros e Institutos Presentes no XII Encontro da Rede Brasileira

    Reações:

    0 comentários:

    Postar um comentário