• quinta-feira, 5 de agosto de 2010

    Semana do Estudante





    Promovida pelas Pastorais da Juventude do Brasil e coordenada pela Pastoral da Juventude Estudantil, a Semana do Estudante, realizada de 09 a 15 de agosto, terá o tema: “Cultura: nossa terra, nossa história e nossos sonhos.”e o lema: “Juventude: muitas caras, muitas cores, em marcha contra a violência”.
    O objetivo é convocar toda a comunidade escolar para discutir, refletir e se mobilizar sobre uma temática importante para a vida dos/as estudantes e da sociedade em geral: a cultura.
    A Semana do Estudante é atividade diferenciada porque se propõe a trabalhar a partir do protagonismo estudantil. Os/as estudantes, organizados/as e comprometidos/as com a transformação, podem construir uma educação e sociedade com novos valores como o respeito e o cuidado.

    Ser estudante...

    Canto para o mundo ouvir.
    Minha voz não tem fronteiras e
    barreiras são impulsos que nos tornam gigantes.
    Levanto a bandeira da educação
    e com a alma regozijada digo que sou estudante
    Sou gente...
    Sou história...
    Sou caminho que nunca se tardia.
    Sou realidade...
    A cara do Brasil.

    Ser estudante é ter na alma
    a juventude que nunca se apaga,
    que nunca envelhece.
    É não morrer a esperança no caminho.
    É vencer o cansaço depois de um dia de rotina
    e repousar no desejo de que a vida para ser edificada
    precisa encarar as dificuldades face a face.

    No peito do estudante bate um coração
    que pulsa no ritmo das palavras sem limites.
    Sem limites para um sonho que não se esvai,
    Sem limites para a vida que não se findaentre quatro paredes d’uma escola.

    Maravilhado és tu estudante!
    Tu que bem-aventurado conduz teus passos e
    na tua Pátria Mãe Gentil repousa-te.
    O estudante vibra, canta, luta.
    É luz que reluz os olhos de outrem.
    Ele tem a juventude que não se escorre entre os dedos.

    Ser estudante é ser protagonista de sua própria história.
    Vivida.
    Sofrida.
    Dedilhada num acorde de violão,
    ou simplesmente declamada nos versos de uma poesia.

    Reações:

    0 comentários:

    Postar um comentário